Ganhei!!!!!

Ganhei!!!!!
Obrigado pela preferência! rsrs

16 de novembro de 2010

Teus versos soltos

Hoje o dia não amanheceu do mesmo jeito

Faltava mais açúcar...

Estava meio amargo o seu beijo antes de sair

Nem hortelã nem café

Era um gosto de partida

Um gosto de sala vazia

Era espaço demais em nosso tapete

Eu me lembro do final daquele ano

Você tão mais eu e eu tão dentro de você

Éramos mais que o tempo poderia durar

Mais que os ponteiros pudessem marcar

Que a fotografia pudesse gravar

Não há dia que não te lembre

Nem lembrança tua que não clareie o dia

Nem poesia minha que tenha fim

Você é um verso sem fim

Um poema que eu criei e recriei a cada dia

Um final que eu nunca escrevi

Era a minha carta na manga

A minha mágica secreta

A minha melhor história

Você é onde tudo recomeça

Os móveis e as paredes da nossa casa

O cheiro e o sabor

A poeira do meu livro favorito

O brilho do retrato envelhecido

Você é a sinfonia e o balé daquela noite

O carnaval: minha colombina e eu sem máscara nenhuma

É o meu verão tão cheio de gente

Minha passista sem samba algum

Minha agitada, doce, solidão

É minha boneca de pano

Minha canção, minha oração

É nossa casa amarela

Cheia da gente

Da mágica que a gente criou

3 comentários:

  1. Pelo jeito você está apaixonado...

    ResponderExcluir
  2. verdade tu ta apaixonado! quem sera essa paixão?

    ResponderExcluir
  3. Vai moço
    transforma
    tormentos
    em versos
    tristeza
    em notas musicais!

    ResponderExcluir